COMUNICADO IMPORTANTE



Informamos aos nossos Clientes e Fornecedores que estaremos em férias coletivas no período de 26/12/2017 à 07/01/2018.


Retornaremos nossas atividades no dia 08/01/2018.


Desejamos à todos um Feliz Natal e Excelente 2018!


  • BOMBAS DOSADORAS GRABE
    Simples e robustas. Ideais para seu tratamento de água ou efluente.

    icon

BOMBAS DOSADORAS DDR

  CARACTERÍSTICAS

solicite orçamento

Indicados para agitar, dispersar, dissolver, misturar, homogeneizar, manter sólidos em suspensão, etc.


  • Vazões máximas entre 55 e 580 L/h, e contra-pressões de até 7 bar.
  • Construção compacta.
  • Mecânica de grande robustez, tanto para aplicações domésticas, de saneamento, ou industriais em regime pesado.
  • Disponíveis com 1 a 6 cabeçotes de bombeamento, com único módulo de acionamento.
  • Vazão ajustável manualmente, de forma precisa e independente para cada cabeçote.
  • Opcionalmente permite automação do ajuste de vazão, por sinais remotos de 4-20mA ou 0-10V, utilizando inversor de freqüência.
  • Cabeçotes fabricados em plásticos de engenharia (polipropileno, polietileno, PTFE, etc.) ou aços inoxidáveis.
  • Diafragmas de excepcional resistência química e a ruptura (PTFE, santoprene, etc.)
  • Aplicável para quaisquer líquidos de baixa a média viscosidade, corrosivos, tóxicos ou agressivos.
  • Baixo índice de manutenção.
  • Disponibilidade de acessórios como válvula de pé, válvula anti-sifão, válvula de alívio, amortecedor de pulsações, etc.
  • Opcionalmente apta para áreas classificadas (motor elétrico à prova de explosão).
  FUNCIONAMENTO

As bombas DDR foram desenvolvidas visando suprir as mais variadas exigências de dosagem de produtos químicos e industriais, onde seja necessário um bombeamento preciso, com mínimas variações de vazão. São consideradas bombas dosadoras de deslocamento positivo, acionadas por motor elétrico. Em conjunto com uma caixa de redução o motor movimenta um excêntrico, que por sua vez impulsiona um diafragma. Quando o excêntrico completa seu giro, o diafragma recua por a ação de uma mola, preparando-se para o próximo impulso. Esse efeito gera um movimento cíclico do diafragma, permitindo que a bomba aspire e descarregue o líquido com um fluxo pulsante, graças a ação de válvulas esfera presentes no cabeçote. O controle de vazão standard é feito de forma manual, por um sistema mecânico de ajuste milimétrico, que limita o retorno do diafragma entre 0 e 100% de seu curso.


  DADOS TÉCNICOS

BOMBA MODELO VAZÃO MÁXIMA POR CABEÇOTE PRESSÃO MÁXIMA DE DESCARGA POTÊNCIA DO MOTOR CONEXÕES PULSAÇÕES POR MINUTO
DDR 55-06 55 l/h 6,0 kgf/cm² (bar) 0,33 cv Ø 1/2" (espigão) 85
DDR 105-04 105 l/h 4,0 kgf/cm² (bar) 0,33 cv Ø 1/2" (espigão) 170
DDR 140-07 140 l/h 7,0 kgf/cm² (bar) 0,33 cv Ø 1/2" (espigão) 85
DDR 200-05 200 l/h 5,0 kgf/cm² (bar) 0,33 cv Ø 1/2" (espigão) 113
DDR 380-05 380 l/h 5,0 kgf/cm² (bar) 0,5 cv Ø 3/4" (espigão) 57
DDR 580-04 580 l/h 4,0 kgf/cm² (bar) 0,5 cv Ø 3/4" (espigão) 85

CONSULTE TAMBÉM CONJUNTOS COMPLETOS DE MISTURA E DOSAGEM.



  DIMENSÕES