Produtos /Aeradores

Aeradores Chafariz

Os aeradores chafariz Fluxoar-FA melhoram a oxigenação do meio líquido a partir da criação de uma ampla área de contato da água com o ar atmosférico, enquanto que a agitação provocada no meio líquido auxilia a difusão de subprodutos como amônia, nitrito e gás carbônico, gerados naturalmente por sistemas de cultivo de peixes e outros animais aquáticos. Os aeradores chafariz são de fluxo ascendente e apresentam como diferencial em relação aos aeradores chafariz convencionais a captação da água em um nível um pouco mais profundo (entorno de 50 cm abaixo da superfície), promovendo melhor homogeneização da temperatura da água da lagoa e consequente redução da diferença de temperatura entre a água de superfície e a água de fundo.

Aeradores

Os peixes, ao contrário dos mamíferos e das aves, não regulam a sua temperatura corporal, que varia de acordo com a temperatura da água. No Brasil, espécies originárias da região Norte, como o tambaqui, possuem uma faixa de temperatura ideal da água (zona de conforto) de 25 a 34°C. Espécies como o pacu, provenientes do Pantanal e do Mato Grosso do Sul, apresentam uma zona de conforto térmico entre 24 e 30°C. Para o cultivo de tilápias, recomendam-se temperaturas entre 28 e 32°C. Como se percebe, os peixes de países tropicais de maneira geral se alimentam mais e melhor em águas mais mornas, mantendo-se mais saudáveis nestas condições.

Lagoas com equilibrada presença de algas produzem oxigênio naturalmente durante o dia (fotossíntese), porém durante a noite, estes mesmos organismos consomem parte do oxigênio produzido. Por este motivo, os peixes costumam surgir na superfície da água logo ao nascer do dia, quando as condições de oxigênio estão piores. Recomendam-se medições da concentração de oxigênio dissolvido para determinar corretamente a necessidade específica de aeração durante o dia e a noite, lembrando que em geral o aerador de pás deve ser ligado toda vez que a concentração de oxigênio estiver abaixo de 5 mg/l.

Aeradores

É importante não deixar o aerador chafariz funcionando continuamente, pois longos períodos de operação reduzem a vida útil do equipamento. Recomenda-se, portanto, o uso intermitente, em proporção aproximada de 1/3 do tempo de operação no período diurno e 2/3 no período noturno, totalizando de 3 a 6 horas/dia. No entanto, o ideal é utilizar o aerador chafariz somente o tempo suficiente para manter o nível de oxigênio na água entre 5 e 7 mg/l por todo o período.

Níveis de oxigenação muito altos, a partir de 8 mg/l, não surtem efeito positivo à criação, pelo contrário, a supersaturação da água pode causar a doença da bolha de gás nos peixes, além do desperdício de energia principalmente no período diurno, quando ocorre a oxigenação natural da água. A utilização de técnicas adequadas de manejo associadas a aeradores GRABE certamente aumentará a taxa de conversão alimentar e qualidade de vida da criação, resultando em maior produtividade e lucratividade para o negócio.

Como funciona:

O funcionamento dos aeradores chafariz Fluxoar-FA baseia-se no bombeamento do líquido em fluxo ascendente e em formato de leque circular de fina espessura e grande dimensão. Essa configuração gera uma infinidade de gotas, que por sua vez aumentam a superfície de contato da água com o ar atmosférico e melhoram a oxigenação da lagoa de criação.

Características técnicas:

  • • Excelente capacidade de aeração (de 1.500 a 4.000 m², considerando biomassa entre 1,0 e 1,5 kgm² e baixa oxidação por matéria orgânica).
  • • Versões com leque de aproximadamente 10 m ou 9 m de diâmetro x 1,5 m de altura ou 5 m de diâmetro x 1,0 m de altura.
  • • Leque estreito e sem falhas, permitindo grande contato entre o meio líquido e o ar atmosférico.
  • • Principais componentes fabricados em materiais que não enferrujam (alumínio, polietileno com aditivação anti-UV e aço inoxidável).
  • • Motor elétrico de 0,75, 1,5 ou 3,0 cv submerso IP-68 (à prova d'água) de operação silenciosa.
  • • Dois olhais de amarração na lateral do flutuador e crivo para prevenir a entrada de sólidos.
  • • Incluso no fornecimento 13 m de cabo elétrico PP (duplo isolamento) e caixa de passagem vedada para prolongamento do cabo.
  • • Possível utilização como bomba de drenagem, instalando-se uma conexão mangueira Ø3".
  • • Baixo consumo de energia elétrica.
  • • Fácil instalação.
  • • Tensão de alimentação: 220 V - monofásica/bifásica para 0,75 cv e 1,5 e 220 V - monofásica para 3,0 cv
  • • Potências: 550, 1.100 ou 2.000 W

Aplicações:

  • • Criação de peixes (tambaquis, pacus, tilápias, carpas, pintados, alevinos, etc.)
  • • Criação de crustáceos (camarões, etc.)

Formas de instalação:

Aeradores