Produtos /Decantadores

Decantadores Lamelares

Decantadores


Os decantadores lamelares são decantadores de alta taxa ou alta eficiência que aliam tamanho compacto, fácil instalação e baixa manutenção, importantes diferenciais quando analisados custos indiretos como área ocupada para instalação, despesas de transporte e eficiência no tratamento de efluentes. Os decantadores lamelares são tanques prismáticos em polipropileno com reforços externos em aço tubular revestido, caracterizando-se principalmente pela presença de elementos lamelares (pacote de tubos paralelos montados em posição inclinada) em seu interior. Esses elementos aumentam expressivamente a área superficial para a sedimentação das partículas, de modo a reduzir consideravelmente o tamanho e volume do decantador lamelar em comparação com um decantador convencional de mesma vazão. Os decantadores lamelares são considerados decantadores de alta taxa de aplicação, sendo uma excelente alternativa para elevadas vazões de tratamento, espaços limitados para instalação e operação com efluentes de difícil decantação.

Decantadores

Como funciona:

O efluente entra no sistema em fluxo contínuo direcionado por anteparos na região de entrada para o fundo do decantador. As partículas sólidas com densidades maiores que a do efluente tendem a se chocarem com as superfícies inclinadas dos elementos tubulares e a formarem flocos com maior densidade e tendência à sedimentação. Flocos e partículas escorregam pelos canais inclinados em sentido oposto ao do efluente, decantando no fundo do tanque sob a influência da gravidade. Concomitantemente, o efluente tratado é coletado por calhas vertedoras na parte superior do equipamento. O lodo acumulado deve ser removido periodicamente através da conexão de saída na parte inferior do decantador, sendo menor o intervalo de remoção para lodo orgânico, a fim de se evitar a possível formação de gases e consequente flutuação do lodo.

Decantadores

Características técnicas:

  • • Tubulação com derivação horizontal para a saída de lodo.
  • • Elementos tubulares inclinados de PVC rígido de alta eficiência, com elasticidade suficiente para não se deformarem ou desmembrarem.
  • • Construção compacta de elevada eficiência e tempo de detenção hidráulica reduzido.
  • • Resistência contra corrosão interna e externa (fabricação com material maciço anticorrosivo, sem barreiras químicas ou revestimentos superficiais sujeitos a trincas ou fissuras).
  • • Segurança contra vazamentos (chapas soldadas à quente por extrusoras e máquinas semi-automáticas de polifusão)
  • • Proteção contra intempéries (aditivação anti-UV).
  • • Baixo custo operacional e de manutenção.
  • • Fácil instalação.

Aplicações:

  • • Tratamento de água, tratamento de águas pluviais, tratamento de água de reuso
  • • Tratamento biológico (lodos ativados, filtro biológico, etc.)
  • • Tratamento físico-químico (remoção de precipitados, polimento final, etc.)
  • • Precipitação de compostos metálicos
  • • Efluentes de difícil decantação (baixas velocidades de sedimentação)